Copa Libertadores

Grêmio perde para o Independiente del Valle e larga em desvantagem na Libertadores

Tricolor saiu na frente com Diego Souza, mas teve jogador expulso e sofreu virada no segundo tempo

Foto: stff/Conmebol/Divulgação

Grêmio até iniciou bem o confronto com o Independiente del Valle na noite desta sexta-feira (9), no Defensores del Chaco, no Paraguai, com um gol de Diego Souza logo aos oito minutos. Mas acabou levando a virada no segundo tempo e precisará vencer na Arena para avançar para a fase de grupos da Libertadores. O Tricolor tem o direito de reclamar de um gol mal anulado de Ferreira antes do argentino Faravelli marcar duas vezes e decretar a vitória de 2 a 1 do time equatoriano.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (14), na Arena. O vencedor do confronto entrará no Grupo A da Libertadores, ao lado de Palmeiras, Defensa y Justicia-ARG e Universitario-PER.  O perdedor vai disputar a Sul-Americana entrando no Grupo H, com Lanús-ARG, La Equidad-COL e Aragua-VEN.

Depois de Vanderson ter testado positivo para covid-19 e Victor Ferraz sentido sintomas da doença, o garoto Felipe, que viajou na quinta-feira para Assunção, foi escalado como titular para ocupar a lateral direita diante do Independiente del Valle no Defensores del Chaco. No meio-campo, Lucas Silva acabou escolhido para a vaga de Maicon fazendo companhia a Matheus Henrique. De boa atuação no segundo tempo do Gre-Nal, Darlan iniciou no banco de reservas. No lado equatoriano, o técnico Renato Paiva fez uma mudança na equipe que havia goleado o Unión Española na fase anterior da Libertadores. Jose Hurtado ocupou a vaga de John Sánchez na ala direita.

Contra um adversário que tem a saída pelo chão desde a defesa como característica, o Grêmio mostrou no começo da partida um bom posicionamento para evitar que o Del Valle conseguisse progredir com tranquilidade para o campo de ataque. O Tricolor nem pressionou alto, mas ocupou de forma eficiente os espaços cortando as linhas de passe do rival.

Sem o time equatoriano sequer ter chegado perto de Brenno, o Grêmio abriu vantagem aos 8 minutos. Após falta sofrida por Pinares ao lado da área, Alisson cruzou e Diego Souza subiu mais alto que a defesa para cabecear sem chances para o goleiro Ramírez: 1 a 0.

O gol gremista fez o Del Valle acelerar as trocas de passes e as movimentações em busca de espaço. Aos 17, Ortiz arriscou de fora da área e mandou para fora. Somente aos 26 que o time equatoriano criou uma chance clara de gol. Após cruzamento de Faravelli, Ortiz apareceu livre na área gremista e finalizou de primeira para grande defesa de Brenno. Montenegro ainda pegou o rebote e mandou para fora perdendo a oportunidade para o empate.

Com o passar do tempo, o jogo do Del Valle foi cada vez causando mais incômodo para a marcação gremista.

A reta final do primeiro tempo foi marcada por erros da arbitragem. O primeiro, menos grave, aos 35 após uma bela jogada equatoriana que terminou com chute de Vite, Brenno deu um tapa antes da bola raspar no travessão em lance que o árbitro Néstor Pitana não viu o toque do goleiro gremista e deu apenas tiro de meta. Aos 43, o Grêmio conseguiu sair da pressão e balançou as redes com Ferreira, mas o lance foi anulado por impedimento, o que a imagem da televisão mostrou não ter acontecido deixando o Tricolor em prejuízo.

O Grêmio voltou para o segundo tempo com Darlan no lugar de Pinares. O Tricolor não conseguiu segurar o ímpeto do Del Valle, que aos dois minutos acertou a trave em cobrança de falta de Ortíz. Aos 7, os mandantes chegaram ao gol. Em uma jogada que envolveu completamente a defesa gremista com trocas rápidas de passe, Faravelli recebeu de Montenegro e saiu livre na frente de Brenno para finalizar cruzado: 1 a 1.

O jogo então ficou aberto. Aos 12, o Grêmio teve grande chance para retomar a vantagem quando Matheus Henrique serviu Diego Souza às costas da zaga. O artilheiro gremista chegou a sair de Ramírez, mas perdeu ângulo e acabou chutando para fora.

O lance custou caro porque na sequência o time gremista cometeu duas falhas na mesma jogada. Primeiro, Alisson perdeu a bola na intermediária  defensiva, Ruan, que já tinha amarelo, errou o bote na área em Montenegro cometendo o pênalti  e ainda levando o segundo cartão para deixar o Tricolor com 10 homens. Autor do primeiro gol, Faravelli cobrou deslocando Brenno para virar para o Del Valle.

Mesmo perdendo o jogo, Alexandre Mendes optou por sacar Diego Souza para repor a defesa com a entra de David Braz logo o segundo gol do Del Valle. Na mesma troca, Fernando Henrique entrou por Lucas Silva.

O Del Valle fez valer a vantagem numérico a manteve a pressão para ampliar o placar. Aos 23, Brenno voltou a fazer grande defesa em chute de Ortíz. No lance seguinte, o goleiro gremista deu sorte. Já batido, ele viu a finalização do zagueiro Schunke sair pela linha de fundo.

Apesar de toda a pressão do Independiente del Valle, o Grêmio conseguiu evitar o terceiro gol. Em jogo cercado de tantos problemas que iniciaram ainda no começo da semana, o placar de 2 a 1 ainda foi um prejuízo pequeno para o Tricolor, que  precisará de uma vitória simples na Arena na próxima quarta-feira para avançar para a fase de grupos da Libertadores.

Fonte: Gaucha Zero

Comments
To Top