Copa Libertadores

River Plate vence por 1 a 0 e elimina o Athletico-PR da Libertadores

O River Plate fez valer o mando de campo, venceu o Athletico-PR por 1 a 0, nesta terça-feira, e avançou às quartas de final da Conmebol Libertadores. Em campo, De La Cruz, de pênalti, fez o gol da vitória. Os argentinos aguardam agora por Del Valle ou Nacional.

Depois do 1 a 1 em Curitiba, o Furacão tinha uma missão complicada para cima do atual vice-campeão da competição.

Na primeira etapa, as equipes fizeram um jogo quente. Aos 16 minutos, os brasileiros desperdiçaram uma excelente chance. Thiago Heleno e Walter foram juntos para a bola e desviaram para Erick. Só que o meio-campista acabou chutando por cima do gol.

Na sequência, o River quase marcou. Lucas Halter vacilou, e Suárez acabou ficando cara a cara com Bento. Só que o goleiro saiu bem e bloqueou o adversário.

Aos 27 minutos da primeira etapa, o River quase abriu o placar, mas a trave salvou o Furacão, que respondeu na sequência. Carlos Eduardo teve a chance de cabeça, mas acabou mandando para fora.

Atuando em casa, o time argentino arriscou mais, com quatro chutes no gol dos brasileiros, que finalizaram duas vezes na meta de Armani. A posse de bola dos 45 minutos iniciais foi de 67,5% para o River, contra 32,5% para o Athletico.

Jogadores do River Plate comemoram gol de De La Cruz contra o Athletico-PR
Imagem: AFP/Juan Mabromata POOL

Na segunda etapa, as equipes continuaram buscando. Aos 10 minutos, o goleiro Bento voltou a salvar a equipe brasileira com bela defesa em chute de De La Cruz. Minutos depois, de novo o goleiro parou De La Cruz, desta vez com um chute à queima-roupa já na marca do pênalti.

Aos 36 minutos, Christian acabou derrubando Borré dentro da área. Pênalti para o River. Na cobrança, De La Cruz abriu o marcador na Argentina.

O River Plate soube segurar a vantagem no placar, controlou o jogo e se classificou para a próxima fase.

 Ficha técnica

River Plate 1 x 0 Athletico-PR

 GOLS: De La Cruz (River)

 RIVER PLATE: Armani; Montiel, Robert Rojas, Paulo Díaz, Pinola e Casco; Enzo Pérez, Ignacio Fernandez (Carrascal) e De La Cruz (Ponzio); Matías Suárez (J. Álvarez) e Borré. Técnico: Marcelo Gallardo

 ATHLETICO-PR: Bento; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Lucas Halter (Bissoli); Erick, Richard (Wellington), Christian, Lucho González (Ravanelli) e Léo Cittadini; Carlos Eduardo (Fabinho) e Walter (R. Kayzer). Técnico: Paulo Autuori

 Estatísticas

Nas últimas seis edições da Libertadores, o River Plate passou para as quartas em cinco

Por outro lado, o Athletico-PR só passou das oitavas uma vez na história

A classificação veio em 2005, quando o clube acabou vice-campeão

Nas últimas três edições de Libertadores em que disputou, foram três quedas nas oitavas (2020, 2019 e 2017)

Foi a sexta vitória seguida do River Plate como mandante na Libertadores

Ao todo, foram 18 gols marcados nessas partidas, contra apenas um sofrido

Próximos jogos

As equipes voltam a campo nos próximos dias:

  • Sábado, 05/12, às 21h30*, River Plate x Godoy Cruz – Campeonato Argentino
  • Sábado, 05/12, 19h*, Fluminense x Athletico-PR – Campeonato Brasileiro

*horário de Brasília

Click to comment

Deixe uma resposta

To Top
%d blogueiros gostam disto: