De Olho Na Novela

Repórter é xingada e alvo de racismo por funcionário público no Rio

Julie Alves
Repórter Julie Alves foi vítima de ataques e racismo durante reportagem (Imagem: Reprodução/ Instagram)

Uma repórter do canal CNT Rio foi alvo de agressão e racismo, durante uma reportagem. Julie Alves e o cinegrafista, Vângelis Floyd Ferreira, mostravam os problemas em um lixão ao lado de unidade de saúde no Rio de Janeiro e acabaram sendo impedidos de trabalhar por um funcionário público.

O homem ainda xingou os profissionais no momento em que eles entraram no pátio da unidade de saúde. Em entrevista ao UOL, a repórter afirmou que ele a chamou de “macaca” e o cinegrafista de “gordo”, em atos de racismo e gordofobia. A ação foi registrada por testemunhas em vídeo.

“Nós já estávamos terminando de produzir o material, o cinegrafista já tinha até desligado a câmera, quando chegou esse homem. Ele começou a gritar com palavrões ‘por*, caral*, quem mandou vocês gravarem aqui?’”, explicou a jornalista.

   

Julie Alves ainda questionou o funcionário público, que disse que não precisava de autorização e conhecia seus direitos: “Foi aí que ele falou ‘sabe do seu direito o que, macaca?’. Logo em seguida, o cinegrafista questionou o modo como ele me tratou e o homem o mandou calar a boca e o chamou de gordo”.

“Quando ele percebeu, veio na minha direção para bater no meu rosto. O cinegrafista foi me proteger. O homem acabou batendo na minha mão e meu microfone caiu. Ele foi então em direção ao cinegrafista e deu um chute nele. Algumas pessoas que estavam no local foram segurá-lo”, revelou.

A repórter ainda desabafou para a publicação: “Nunca passei por isso, nunca imaginei passar por isso, só queria fazer meu trabalho e eu ainda estou chateada e triste. Uma situação muito desagradável. Ele é preto, eu sou preta, e partir de um preto uma atitude dessas, e tão truculenta, me deixou muito mais indignada”.

A Prefeitura de Japeri foi procurada pelo jornal O Globo e divulgou uma nota conjunta com a Secretária municipal de Saúde, Rose Moraes. O comunicado afirmou que “não compactuam com o episódio ocorrido”. O município afirmou que o funcionário Clodoaldo Silva de Souza foi exonerado e “deve responder pelos seus atos se assim for determinado”.

O post Repórter é xingada e alvo de racismo por funcionário público no Rio apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.

Click to comment

Deixe uma resposta

To Top
%d blogueiros gostam disto: