De Olho Na Novela

Sem anúncio oficial, Luciano Huck recebe conselhos sobre candidatura

Luciano Huck

Luciano Huck é bombardeado de conselhos sobre candidatura para eleição de 2022 (Imagem: Reprodução / Globo)

Luciano Huck não tem um anúncio oficial sobre a sua candidatura ou não à eleição em 2022, mas tem recebido uma enxurrada de conselhos sobre o assunto. Eles estão divididos entre esperar para anunciar a sua pré-candidatura e “colocar logo o bloco na rua” para não perder o timing da corrida presidencial.

Uma parte do seu círculo político formado por amigos e assessores vê como correta a sua tática atual: distanciamento do mundo político e análise do quadro eleitoral antes de resolver o partido para a sua filiação e como será a sua plataforma política: esquerda, centro ou direita.

O outro lado, digamos, mais radical, quer uma atitude clara de Luciano Huck, e em consenso entenderam como correta a ideia dele se manifestar sobre sua vontade pelo Palácio do Planalto na eleição daqui menos de dois anos.



O apresentador da Globo já falou sobre política e, pela primeira vez, sobre sua candidatura. Eduardo Jorge, ex-candidato à vice-presidência em 2018 pela Rede, criticou o ex-presidente Lula (PT) por uma fala sobre Huck na política.

“Lula acha Huck uma aventura. É o que muitos diziam dele quando no século passado fazíamos sua campanha”, comentou no Twitter. O comentário do líder da esquerda foi feita em entrevista ao UOL:

“Não sei qual será o potencial dos tucanos nessas eleições. Acho que o Huck é uma aventura, pegar um homem de TV e colocar ele numa frigideira de uma disputa política”.

Huck compartilhou o post e escreveu em tom de agradecimento que “experiência serve para não repetir erros”: “Obrigado por atentar, Eduardo Jorge. Experiência serve para a gente evoluir e não repetir erros”.

Como justificativa para Huck se mostrar logo como uma opção para 2022 o mais rapidamente possível envolve uma atitude de Lula com o PT. O ex-presidente mandou o seu partido preparar a pré-candidatura de Fernando Haddad.

Luciano já conversou com pelo menos seis partidos: Cidadania, PSDB, DEM, PSB, PSD e Podemos. No entanto, não acertou com nenhum deles. O prazo de filiação para quem desejar disputar as eleições de 2022 termina em abril do próximo ano.

 

Comments
To Top