Nitro News Brasil

Noticias e informações sobre saúde COVID-19,coronavírus, Futebol e muito mais

Palmeiras assume ponta em São Paulo e Cruzeiro perde em Minas

Anúncios

Palmeiras e Cruzeiro têm como semelhança histórica, além do currículo campeão, o nome de fundação: Palestra Itália. Ambos foram obrigados a adotar as atuais nomenclaturas em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial, devido a um decreto que proibia a menção a países do Eixo (entre eles, a Itália). O momento de ambos os clubes, porém, é bem diferente. E a rodada de quinta-feira (20) dos respectivos campeonatos estaduais mostrou as realidades.

Em São Paulo, o Verdão abriu a sétima rodada do Campeonato Paulista com vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, no Allianz Parque. Dudu, na noite em que completou 300 jogos pelo time da casa, balançou as redes. Por ironia, o atacante também perdeu um pênalti, na etapa final.

O resultado levou o Palmeiras a 16 pontos e à liderança temporária do Grupo B, um ponto a frente do Santo André, que só vai à campo no domingo (23). O Bugre encabeça o Grupo D, com nove pontos, mas pode ser ultrapassado por Corinthians e Red Bull Bragantino, que somam oito pontos e ainda jogarão pela rodada. Lembrando que são 16 equipes divididas em quatro chaves, com quatro clubes, sendo que as duas primeiras seguem às quartas de final.

O Cruzeiro – em temporada de reconstrução após o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro no ano passado – foi derrotado pela Tombense por 2 a 0, em Tombos (MG), em partida atrasada da segunda rodada do Campeonato Mineiro. Cássio Ortega e Rubens marcaram para o time do interior, que, de quebra, assumiu a ponta do Estadual com 14 pontos, superando o América Mineiro no saldo de gols (9 a 7).

A Raposa, estacionada nos 11 pontos, perdeu a invencibilidade no Mineiro e está em quinto, entre 12 equipes. Hoje, não estaria se classificando às semifinais, que reunirão as quatro melhores campanhas do torneio. O G-4, atualmente, tem Tombense, América, Caldense e Atlético Mineiro.

Anúncios