Nitro News Brasil

Noticias e informações sobre saúde COVID-19,coronavírus, Futebol e muito mais

Campeão mundial de surfe e pescador, Italo Ferreira narra encontro com tubarão

Anúncios
Siga nosso site no Google News
googlenewsseguir

Em entrevista ao Canal do Datena, surfista contou como foi o episódio no Rio, que o fez encerrar uma sessão antes do previsto. Mesmo sendo um filhote

Italo Ferreira conquistou o primeiro título mundial ao brilhar no Billabong Pipe Masters Foto: Instagram

O campeão mundial de surfe Italo Ferreira passou por susto no último fim de semana, na praia da Reserva, no Rio de Janeiro. Enquanto surfava, percebeu a companhia suspeita de um tubarão, o que o fez terminar a sessão antes do previsto. O animal, segundo relato de Italo, era de pequeno porte – pouco mais de 1 metro de comprimento – e parecia ser filhote. No entanto, afirma o surfista, com tamanho suficiente para fazer “um estrago”.

“Eu estava sozinho, tinha altas ondas e fiquei surfando. Aí teve um momento que entrou uma onda, a água estava limpa e eu vi o peixe passando”, contou Italo em entrevista ao Canal do Datena, no YouTube, nesta quinta-feira, 9.

O surfista explica que, por ser pescador, conhece os tipos de peixes mais comuns em cada local da costa brasileira. E aí teve certeza que se tratava de um filhote de tubarão – ou um “baby shark (tubarão bebê em inglês)”, como disse.

O comportamento do pequeno tubarão, considerado estranho, o fez tomar a decisão de sair da água.

“Eu vi esse peixe de uma maneira diferente, o jeito de ir na onda, e aí me assustei. Deu a primeira volta e pensei: ‘tem alguma coisa errada’. Quando veio essa série, vi que era um ‘baby sharkizinho’. [Pensou] ‘Não vou ficar aqui, não vou arriscar. Está bom, já peguei minhas ondas’”, relatou.

Enquanto o circuito não volta, Italo segue em casa, na Baía Formosa, no Rio Grande Norte, e só viaja esporadicamente dentro do Brasil. As restrições a viagens internacionais inviabilizam a retomada das competições e, consequentemente, a defesa do título, conquistado em 2019.

Italo contou os bastidores da campanha campeã, que contou inclusive com não comparecimento a uma festa do patrocinador, para antecipar a preparação, e injeção de ânimo involuntária vindo dos especialistas, já que alguns não acreditavam na sua vitória.

“Antes de ir para a Europa, alguns sites me excluíram [da lista de candidatos ao título]. Isso me deu uma vontade a mais”, disse o surfista, que já tem vaga garantida nos Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021.

Assista a entrevista de ítalo Ferreira abaixo na Integra



Fonte: Band

 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: