Esportes

Napoli segura a Inter de Milão e faz final da Copa Itália contra a Juventus

Empate garantiu presença da equipe comandada por Gennaro Gattuso na decisão do torneio

NAPLES, ITALY – JUNE 13: Dries Mertens of SSC Getty Images

Tudo pronto para a disputa da final da Copa Itália. Neste sábado (13/06), a Napoli segurou o poderoso ataque da Inter de Milão e o empate em 1 x 1 coloca os comandados de Gennaro Gattuso na decisão do torneio contra a poderosa Juventus.

A Inter de Milão ditou as ações, abriu cedo o placar da partida, após um escanteio fechado batido por Eriksen, desviado para a própria meta pelo zagueiro Di Lorenzo. Porém, ao se descuidar, tomou, de contra-ataque, gol de Mertens. No segundo tempo, o time de Antonio Conte não conseguiu furar a defesa adversária.

A final da Copa Itália será disputada na próxima quarta-feira (17/06), às 16h, no Estádio Olímpico de Roma. No fim de semana seguinte, o campeonato italiano está de volta.

O jogo

A Inter de Milão não demorou para tirar a vantagem da Napoli no duelo. Aos dois minutos, Eriksen cobrou escanteio muito fechado e, ao tentar desviar, Di Lorenzo colocou contra a própria meta para abrir o placar.

Mantendo a postura ofensiva para tentar virar o resultado, a Inter de Milão se aproveitou dos espaços deixados pela defesa napoletana, principalmente pela direita, com Candreva, um dos destaques da partida no início do duelo.

Aproveitando que a Inter se lançou ao ataque, o Napoli aproveitou a velocidade de seus pequenos atacantes para contra-atacar. O goleiro Ospina encontrou Lorenzo Insigne em disparada. O italiano bateu Eriksen na corrida, entrou na área e rolou direito, para o meio, onde a bola encontrou Mertens. O belga, com muita tranquilidade, definiu no gol de Handanovic.

2º tempo

Em dinâmica semelhante ao do primeiro tempo, a Inter começou a etapa complementar pressionando, em busca da classificação. Brozovic arriscou chute da entrada da área, mas Ospina, com uma ótima atuação, defendeu no meio do gol.

A Napoli aproveitou o ímpeto ofensivo do adversário e a velocidade de Insigne para atacar, mas também não tirou vantagem das oportunidades criadas.

Perdendo o ímpeto na partida, o técnico Antonio Conte promoveu uma série de alterações. Com Alexis Sanchez e Victor Moses em campo, a Inter de Milão voltou a imprimir velocidade na partida.

Fonte: Metropoles

 

Comments
To Top