Esportes

Perto da despedida do UFC, Anderson Silva não descarta seguir no MMA e pensa no boxe

Spider vive semana de emoções com última luta pela organização

Na semana que marcará a despedida do Ultimate Fighting Championship, após 14 anos de sucesso na organização, Anderson Silva não descartou a possibilidade de seguir no MMA, mesmo atuando por outra franquia. O Spider, que fará a última luta na franquia de Las Vegas diante do jamaicano naturalizado americano Uriah Hall, neste sábado, em Las Vegas, disse ainda que pode realizar um sonho antigo: migrar para o boxe.

Aos 45 anos, no UFC desde 2006, Anderson Silva vive uma semana de intensas emoções até a despedida da organização, no UFC deste sábado. O Spider ainda tinha uma luta a cumprir pelo Ultimate, mas o presidente da franquia, Dana White, anunciou que o duelo contra Uriah Hall será mesmo o último do ídolo brasileiro no octógono mais badalado do MMA.



Anderson até deixou em aberto a possibilidade de cumprir o contrato até o fim, mas, diante da declaração do ‘patrão’, como se refere a Dana White, optou por encarar o duelo deste sábado como a despedida da empresa pela qual disputou 24 combates, com 17 vitórias, seis derrotas e um No Contest (sem resultado).

“Provavelmente é a última luta no UFC, né?”, declarou Anderson à ESPN, deixando claro que a decisão de antecipar a despedida partiu do dirigente. “Eu não tomei essa decisão, até porque tinha mais uma luta (no contrato). Mas o Dana vendeu como a última luta. E eu falei OK. Se está falando que é a última luta, ele como patrão sabe o que está falando. E talvez seja minha última luta no UFC”, acrescentou.

Anderson não se preocupa com a idade avançada e disse que poderá seguir no MMA profissional, em outra liga, ou  mesmo migrar para o boxe, um sonho antigo como atleta.  “Com certeza. Tem essa grande possibilidade de acontecer”, frisou o Spider, que conquistou o cinturão peso médio em 2006, diante de Rich Franklin, e o defendeu em dez oportunidades, até perder o título para Chris Weidman, em 2013.

UFC FIGHT NIGHT: HALL X SILVA 

Sábado, 31 de outubro
UFC Apex, em Las Vegas
Horário (de Brasília): card preliminar (17h); card principal (20h)
Transmissão: Canal Combate
CARD PRINCIPAL
Uriah Hall x Anderson Silva
Andre Fili x Bryce Mitchell
Kevin Holland x Makhmud Muradov
Maurice Greene x Greg Hardy
Bobby Green x Thiago Moisés
CARD PRELIMINAR
Chris Gruetzemacher x Alexander Hernandez
Adrian Yanez x Victor Rodriguez
Sean Strickland x Jack Marshman
Cole Williams x Jason Witt
Dustin Jacobv x Justin Ledet
Cortney Casey x Priscila Cachoeira

Miles Johns x Kevin Natividad

Fonte: SuperSportes

Comments
To Top