Nitro News Brasil

Noticias e informações sobre saúde COVID-19,coronavírus, Futebol e muito mais

Após ser detonado, Bolsonaro volta a criticar a imprensa

Anúncios
Bolsonaro
Jair Bolsonaro voltou a criticar a imprensa (Imagem: Reprodução / Globo)

Duramente criticado após declarações contra a jornalista Patrícia Campos Mello, da Folha de S.Paulo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar a imprensa. Em conversa com apoiadores, nesta quarta-feira (19), ele disse que a mídia brasileira está “à esquerda do PT”.

“Que imprensa nós temos no Brasil… Podia logo a imprensa ser um partido político. Ia ficar à esquerda do PT“, disse Bolsonaro, que ignorou os jornalistas presentes, a um apoiador que, na conversa, comentava sobre a repercussão da fala do político, segundo informações do UOL.

Depois, enquanto comentava com outra apoiadora sobre a situação da educação no Brasil, Jair Bolsonaro disse que as escolas ruins levavam a formação de “jornalistas incompetentes”, apontando para o grupo de repórteres que o esperava em frente ao Alvorada.

Na última terça-feira (18), cabe lembrar, ao falar com repórteres, o presidente atacou a jornalista, responsável por uma série de matéria que mostraram o disparo em massa de mensagens de WhatsApp em benefício de sua campanha eleitoral.

“Ela (a jornalista) queria um furo. Ela queria dar o furo a qualquer preço contra mim”, afirmou ele, aos risos, para um grupo de simpatizantes que acompanhava a entrevista.

A declaração deu o que falar. Na Globo, Renata Lo Prete, Arnaldo Jabor, Miriam Leitão e Fátima Bernardes se posicionaram contra o presidente. Nas redes sociais, várias famosas detonaram a fala de Bolsonaro.

O post Após ser detonado, Bolsonaro volta a criticar a imprensa apareceu primeiro em RD1 – TV & Famosos.

Anúncios