Nitro News Brasil

Noticias e informações sobre saúde COVID-19,coronavírus, Futebol e muito mais

Jornalista da Globo se manifesta após climão com repórter do SBT

Anúncios
Globo
Momento em que a repórter da Globo deu um sermão na colega do SBT (Imagem: Reprodução / TV Anhanguera)

Patricia Bringel, repórter da Globo acusada de ter maltratado Rozaine Ferraz, repórter do SBT, durante uma entrevista ao vivo, desabafou sobre o que realmente aconteceu e, de acordo com testemunhas, o mal-estar começou após a jornalista da TV Serra Dourada ter quebrado um combinado feito antes do início das entrevistas.

Patricia, Rozaine e outros jornalistas descobriram o endereço da família de uma jovem gerente brutalmente assassinada pelo marido e conversaram com familiares da vítima, em Bela Vista de Goiás, região metropolitana de Goiânia.

A jornalista da TV Anhanguera compartilhou um vídeo e falou sobre o climão com a colega. “Eu parei o meu trabalho aqui para fazer um esclarecimento. No ao vivo de hoje durante o JA1, eu estava com uma entrevista. Minha colega, repórter de uma outra emissora (Rozaine Ferraz, TV Serra Dourada/SBT), estava com outra entrevistada”, começou.

Visivelmente chateada com a situação, ela esclareceu que teve o seu link invadido. “Eu não sei por quais motivos, ela escanteou a entrevistada que ela mesma tinha posicionado, e invadiu o espaço do meu link colocou o microfone sem nem saber quem era a minha entrevistada”, ressaltou.

Durante a participação de Rozaine no Jornal Meio Dia, da TV Serra Dourada, a repórter disse que a família estava concedendo uma coletiva aos jornalistas. “Só para deixar claro: não se tratava de uma coletiva de imprensa, nós estávamos ali entrevistando de uma forma bem difícil, inclusive eu amparava a tia, eram familiares de uma mulher brutalmente assassinada. Não se tratava de forma alguma de uma coletiva”, corrigiu Patricia.

“Agradeço aos colegas que estavam no mesmo ambiente, que viram todo o contexto e que estão se posicionando em minha defesa. Quem me conhece sabe que eu sou extremamente parceira na rua e respeito muito o trabalho dos meus colegas”, encerrou.

Em apoio à Patricia, Jakeliny Mendonça, repórter da Record, disse que viu de perto tudo o que aconteceu e afirmou que a repórter do SBT rasgou o combinado feito anteriormente com a global.

“As duas tinham combinado que nós três entraríamos com a irmã de uma vítima, ao vivo e ao mesmo tempo. Eu acabei entrando primeiro e saí. Depois, a repórter da Globo viu que iria dar problema para a repórter do SBT, acabou entregando a entrevistada e foi falar com essa tia da vítima. Estava tudo certinho. Cada uma com uma entrevistada”, esclareceu.

A contratada da Record continuou: “A do SBT estava com a entrevistada principal. Só que, ela fez que iria entrar com a irmã [no ao vivo], mas a deixou sozinha e foi atrapalhar a repórter da Globo que estava no ar com a tia. Daí aconteceu isso aí”.

Segundo Jakeliny, Rozaine tomou uma atitude baixa contra Patricia. “A do SBT pegou a irmã que iria falar com as duas, e a levou para dentro da casa. Quando a da Globo voltou para falar com quem realmente estava combinado, ela não estava mais lá. Eu assistindo tudo, busquei a entrevistada para a repórter da Globo. Eu sou da concorrência e nem deveria tá opinando aqui, mas eu odeio injustiça. Patricia Bringel (Globo), toma aqui o meu apoio!”, declarou.

Confira:

O post Jornalista da Globo se manifesta após climão com repórter do SBT apareceu primeiro em RD1 – TV & Famosos.

Anúncios