Nitro News Brasil

Noticias e informações sobre saúde COVID-19,coronavírus, Futebol e muito mais

Nova versão de Pipoca e Guaraná e outros jingles inesquecíveis

Anúncios
Jingles
Campanha com mamíferos da Parmalat virou mania nos anos 90 (Imagem: Divulgação / Parmalat)

Diversos programas de televisão fizeram história ao longo dos quase 70 anos em que a televisão chegou no Brasil. Quase todo mundo se lembra de ter acompanhado a cobertura de um fato marcante pelos telejornais. Ou então as tantas cenas emblemáticas das novelas que reuniram as famílias na frente da TV.

Mas, quem gosta de assistir televisão, como eu, sabe que não só a programação das emissoras se transforma em uma boa lembrança. O conteúdo exibido nos intervalos comerciais também fica na memória. Por isso, a coluna de hoje se propõe a relembrar jingles inesquecíveis.

Uma sugestão: enquanto lê esse texto, aumente o volume do seu dispositivo. É bastante provável que você saiba a letra da maioria – ou mesmo de todos eles.

Pipoca e Guaraná – Guaraná Antárctica

Guaraná
Jingle Pipoca e Guaraná ganhou releitura com Manu Gavassi (Imagem: Reprodução / Youtube)

Para começar a nossa lista de jingles inesquecíveis, falemos sobre aquele que ganhou um relançamento na voz da cantora, atriz e agora ex-BBB Manu Gavassi. A letra original de “Pipoca e Guaraná”  foi mantida, mas, em tempos de pandemia, a ideia foi estimular o entretenimento dentro de casa. Prova disso está no fato de que o novo filme foi gravado remotamente, tendo o apartamento de Manu como cenário.

Vale lembrar, que, em  2009, uma campanha com Claudia Leitte fez alusão ao jingle clássico, mas limitou-se ao aproveitamento da melodia, com uma nova letra. Originalmente, a canção foi lançada em 1991. A ideia era associar o consumo de alguns alimentos ao refrigerante – havia também a versão para pizza e sanduba.

Já naquela época o sucesso foi arrebatador, o que motivou o lançamento de uma versão do jingle pipoca em ritmo de samba. E não é difícil de entender o porquê isso acontece: com letra fácil e música envolvente, dá vontade de sair cantando: “Pipoca na panela. começa arrebentar / Pipoca com sal, que sede que dá”. Definitivamente, Pipoca e Guaraná sempre vai ser um programa legal, qualquer que seja a época.

Assista às três versões do jingle Pipoca e Guaraná:

2020 – com Manu Gavassi

1991 – versão original

Versão Samba

 

Mamíferos – Parmalat

“O elefante é fã de Parmalat / O porco cor-de-rosa e o macaco também são”.  Se você era pequeno – ou já adulto – deve se lembrar do alvoroço que este jingle causou em meados de 1996. Não tinha como ser diferente: a ideia de colocar crianças entre três ou quatro anos fazendo adoráveis caretas encantou os consumidores.

O alcance da campanha foi potencializado com a criação das pelúcias colecionáveis. Eram, ao todo, 21 modelos diferentes, que traziam os bichos do comercial abraçados a uma caixa de leite.

Foi aí que o sucesso extrapolou qualquer expectativa: a tiragem prevista era de 300 mil unidades. A ação se encerrou com 15 milhões de consumidores contemplados.

A feliz ideia de Nizan Guanaes ganhou versões no Brasil e também em outros países. Porém, de todas as recriações, a mais marcante certamente foi a campanha Mamíferos Crescidos, que recrutou os atores do comercial original para uma nova peça publicitária. Em um cenário parecido com o original, eles reviam as cenas de quando eram pequenos, além de tentar vestir as fantasias e reproduzir as caretas.

Assista à duas versões da campanha Mamíferos e entenda o motivo dela está entre os jingles inesquecíveis:

1996 – Mamíferos

Mamíferos Crescidos 

Big Mac – Mc Donalds

Responda sem pestanejar: quais são os ingredientes de um Big Mac? Se você começou a cantar: “dois hambúrgueres, alface, queijo e molho especial, cebola e picles num pão com gergelim” é porque certamente já assistiu a uma das versões deste comercial.

E não foram poucas, já que o jingle foi escrito originalmente em 1974, pelo publicitário Charles Rosemberg. Quando, em 2008, completou-se os 40 anos da criação do lanche, a rede de fast food desafiou os consumidores a incrementarem a letra.  Havia uma única regra: o trecho citado acima deveria permanecer inalterado.

Abaixo, assista um compilado com diferentes versões:

Poupança Bamerindus – Bamerindus

Jingles inesquecíveis sobrevivem até mesmo à extinção de marcas. Foi o que aconteceu com a campanha criada para exaltar a confiabilidade de investir dinheiro na Poupança Bamerindus.

O banco encerrou suas operações ao ser comercializado para o HSBC, na já longínqua década de 90. O mesmo não se pode dizer sobre a poupança Bamerindus. Do ponto de vista publicitário, o jingle – que também ganhou várias versões por conta do sucesso – continua numa boa.

Todos os comerciais foram protagonizados pelo grupo “Os Três do Rio”. Alguns deles tiveram participações especiais, como da atriz Marisa Orth ou dos sertanejos Almir Sater e Sérgio Reis. Assista ao compilado abaixo:

Você se lembra de outros jingles inesquecíveis?

Por uma questão de espaço, vamos terminar este texto por aqui. Mas a criatividade dos publicitários brasileiros é tão grande que nós reconhecemos que existem muitos outros jingles inesquecíveis.

Compartilhe com a gente nos comentários deste texto, no Facebook do RD1 ou no meu twitter pessoal quais são as campanhas que vocês consideram mais marcantes. Daqui a algum tempo, prometo escrever uma continuação dessa coluna.

O post Nova versão de Pipoca e Guaraná e outros jingles inesquecíveis apareceu primeiro em RD1 → Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos.

Anúncios