#COVID19

Banhistas desrespeitam decretos e curtem praias sem restrições no litoral de SP

Decretos municipais proíbem a utilização de guarda-sol e cadeiras na faixa de areia da maioria das cidades da Baixada Santista.

Praia de Pitangueiras, em Guarujá (SP), neste sábado. Cidade não permite a colocação de guarda-sol e cadeiras na faixa de areia. — Foto: Nina Barbosa/G1

Imagens obtidas pelo G1 mostram banhistas na faixa de areia, neste sábado (12), desrespeitando decretos municipais nas praias de Guarujá e Praia Grande, no litoral de São Paulo. Não é permitida a utilização de guarda-sol e cadeiras na faixa de areia nas duas cidades. Mais de 100 mil veículos já passaram pelas rodovias em direção ao litoral paulista, desde sexta-feira (11), e a previsão é de fortes ondas de calor até domingo (13).

As legislações de Guarujá e Praia Grande não permitem a colocação de guarda-sóis e cadeiras na faixa de areia para os banhistas. O acesso à areia e ao mar está permitido nas duas cidades, desde que a atividade não gere aglomeração de pessoas. Na Baixada Santista, apenas as cidades de Peruíbe e Bertioga permitem a colocação de guarda-sol e cadeiras na faixa de areia.

Além disso, fora do mar, o uso da máscara de proteção é obrigatório. Atividades físicas também podem ser realizadas desde que não exijam contato físico entre as pessoas.

Em Praia Grande, no bairro Ocian, banhistas que desrespeitam decretos municipais — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Nas imagens obtidas pelo G1, neste sábado, é possível ver dezenas de pessoas desrespeitando as regras na praia de Pitangueiras, em Guarujá, enquanto aproveitam o tempo aberto na região. Em Praia Grande, muita gente abriu o guarda-sol ou esticou toalhas na faixa de areia.

Na cidade vizinha Santos, grande parte das pessoas caminhavam a beira-mar. Apesar da grande quantidade de banhistas, a maioria respeitava o uso obrigatório de máscaras de proteção facial e praticava exercício físico. Algumas famílias aproveitaram para levar as crianças para brincar na faixa de areia perto do calcadão, o que não é permitido.

Em Santos, SP, banhistas caminham a beira-mar — Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna Jornal

Banhistas aproveitaram praias de Santos, SP, em sábado (12) ensolarado — Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna Jornal

Fim de semana ensolarado

A Defesa Civil emitiu um alerta emitiu um alerta de temperaturas elevadas para este fim de semana na Baixada Santista. Segundo o órgão, há previsão de fortes ondas de calor, com índices críticos de umidade relativa do ar até domingo (13). Essa mudança acontece devido a uma forte massa de ar seco que passa pela região.

As temperaturas sobem novamente no sábado (12), quando o ar seco volta a atuar, favorecendo o rápido aquecimento. Há diminuição das nuvens e prevalência de sol. Com máxima prevista de 33ºC, poderá ser o dia mais quente do inverno de 2020.

O domingo (13) também será de sol, calor e tempo firme. Os termômetros devem variar entre 20 e 30ºC. Essa mudança acontece porque o ar seco, característico do período de inverno, inibe a formação de áreas de instabilidades.

Desde às 00h de sexta-feira (11), mais de 100 mil carros já passaram pelo Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) em direção às cidades do litoral paulista. Durante a manhã, os motoristas tiveram que enfrentar diversos pontos de lentidão devido ao excesso de veículos.

Banhistas desrespeitam decretos municipais em Guarujá, SP — Foto: Nina Barbosa/G1

Faixa de areia do bairro Ocian, em Praia Grande, de banhistas. — Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

Fonte: G1

Click to comment

Deixe uma resposta

To Top
%d blogueiros gostam disto: