O que é noticia

Quanto custa um cilindro de oxigênio cheio para repor falta no Amazonas??

Um cilíndro de oxigênio de 50 litros medicinal tem preço médio de R$ 1.290,00 vazio com uma recarga que custa em torno de R$ 155.00. O cílindro de oxigênio medicinal cheio fica por volta de R$ 1445.00 reais

Oxigênio medicinal é um gás medicinal criogénico, sendo o gás mais utilizado dentro de um estabelecimento de saúde e, normalmente ele é fornecido em cilindros de aço à pressão de 200 bar.

Pacientes com quadros graves da Covid-19 ou em tratatamento respiratórios necessita do suporte de oxigênio para se manterem vivas. O sistema de saúde do estado do Amazonas entrou em colapso devido a alta demanda de internações e suporte respiratório para pessoas acometidas de casos graves da covid-19.

OBS: Esse artigo não tem objetivo de instruir ao leitor como utilizar o oxigênio medicinal, essa orientação é feita por um profissional habilitado, no caso o médico. O objetivo de é passar alguns conhecimentos sobre um fluído na qual instalamos as tubulações.

O Oxigênio Medicinal é inodoro, insípido é oferecido na sua forma líquida , depois vaporizado e posteriormente inalado. No estado líquido o oxigénio medicinal é de cor azul pálido e está a aproximadamente  180ºC.

O uso do oxigênio medicinal é indicado para:

  • Terapias com Oxigênio à pressão normal:

Tratamento ou prevenção da hipoxia crônica ou aguda e pacientes que sofrem com cefaleias .

  • Terapias hiperbáricas com Oxigénio:

Para tratamento de doenças de descompressão, embolias gasosas e intoxicação por monóxido de carbono.

Deve-se levar em conta que elevadas concentrações de Oxigênio  medicinal só devem ser administradas durante o período que for preciso para atingir os resultados desejados e devem ser monitorizadas por meio de análises repetidas da pressão de Oxigênio arterial (PaO2) ou da saturação da hemoglobina em Oxigénio (SpO2) e da concentração de Oxigénio inalado (FiO2).

A administração de elevadas concentrações de Oxigénio medicinal também precisa  ser monitorizada em pacientes que apresentem diminuição da sensibilidade para a pressão de dióxido de carbono no sangue arterial.

Você deve informar o seu médico ao utilizar Oxigénio Medicinal com outros medicamentos ainda que estes sejam de venda livre.

Como é utilizado o oxigênio medicinal

oxigênio medicinal

A quantidade de Oxigénio Medicinal que pode ser utilizada deve estar de acordo com os sintomas clínicos, e é o médico quem deve prescrever.

Sua administração ocorre por meio de ar inspiratório ou em situações específicas através de oxigenadores ou by-pass pulmonar. Se utilizar mais Oxigénio Medicinal em excesso, pode sofrer tonturas, convulsões ou perder a consciência. Caso isso acontecer, diminua a  concentração de Oxigénio ou interrompa o tratamento . Os efeitos irão desaparecer e pode retomar a terapia caso for necessário.

Como possíveis efeitos secundários, destaca-se possíveis dores torácicas, tosse e dificuldades respiratórias.

Como deve ser guardado o oxigênio medicinal

Deve ser armazenado em locais cobertos, limpos e secos e não deve ser colocado em locais sujeito a frio ou calor extremos. Armazene os cilindros a uma temperatura inferior a 50 ºC.

Lembre-se de que Oxigénio alimenta a combustão pelo que não se deve fumar ou utilizar chamas nuas onde os cilindros estejam armazenados. E, sobretudo, mantenha  fora do alcance e da vista das crianças.

Outros cuidados básicos são: manter sempre a válvula fechada, se não estiver em uso e devolver o recipiente ao fornecedor quando vazio.

Regras segundo a Anvisa

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) prevê regras para concessão de autorização de funcionamento de empresas fabricantes e envasadoras de gases medicinais que são:

  • Contar com um programa de treinamento no qual sejam abordadas as Boas Práticas de Fabricação de gases medicinais para os funcionários que atuam nas atividades de produção.
  • Possuir um programa de prevenção de riscos ambientais estruturado nos termos das normas vigentes publicadas pelo Ministério do Trabalho.

Recordando que os gases medicinais são uma mistura de gases destinados a entrar em contato direto com o organismo humano para que possa ser realizado um diagnóstico médico, tratamento ou prevenção de doenças além de restaurar, corrigir ou modificar funções fisiológicas.

O oxigêcio é o mais utilizado nos serviços de saúde atualmente e é indicado no tratamento da enxaqueca, úlceras de pele, feridas, insuficiência respiratória, além de ser usado, também, como coadjuvante em anestesias.

As empresas fabricantes e envasadoras de gases medicinais  devem  obter a Autorização de Funcionamento (AFE) e o Certificado de Boas Práticas de Fabricação. Essa medida é válida tanto para os fabricantes de gases medicinais quanto para aquelas empresas que, mesmo sem realizar o processo completo, participam do controle ou elaboração de alguma etapa do processo, como o envase (enchimento) de cilindros, tanques criogênicos e caminhões-tanque.

Cilindros de oxigênio onde comprar?

Descrição

Cilindro de aço de 50 litros para oxigênio medicinal.

Acompanha válvula padrão CGA.

Pintura na cor padrão segundo normas regulamentadoras dos gases.

Cilindro VAZIO.

IMPORTANTE

A compra do cilindro com carga esta disponível apenas para as localidades atendidas pela entrega própria – SÃO PAULO OXIGÊNIO

Correios e transportadoras não realizam o transporte de cilindros com carga.

Informações Técnicas

ESPECIFICAÇÕES DO CILINDRO:

Válvula com conexão padrão CGA (acompanha o produto)

DIMENSÕES:

A: 160 cm    ø: 25 cm   Peso: 60 Kg

Para compra de cilindro cheio, entre em contato com nossa central de atendimento.

Se você quiser ajudar os pacientes em estado grave no estado do Amazonas e não sabe onde comprar o cilindro e a recarga do oxigênio acesse esse site.

Cilindro de aço de 50 litros para oxigênio medicinal

Como utilizar o cilindro de oxigênio corretamente

O cilindro é utilizado na oxigenoterapia para repor a falta de oxigênio no sangue de pacientes com doenças pulmonares crônicas, como enfisema pulmonar, bronquite e asma grave.

Para manusear o cilindro de oxigênio em casa ou no hospital, é necessário tomar alguns cuidados.

Confira as principais precauções necessárias:

1 – Certifique-se de que o cilindro esteja guardado em local limpo, longe do sol e protegido de qualquer fonte de calor.

2 – Armazene e utilize o cilindro sempre na posição vertical, de preferência em carrinhos que facilitem o transporte.

3 – Se o cilindro não estiver conectado à válvula reguladora, mantenha-o sempre com o capacete de proteção, mesmo se estiver vazio. Assim, evita-se acidentes de impacto causados pela rápida liberação da pressão.

4 – Verifique frequentemente se há vazamento de gás nas uniões das mangueiras, maçaricos, válvulas e cilindros, utilizando uma espuma com água e sabão.

5 – Observe se os cilindros estão devidamente identificados com rótulos e símbolos de risco.

Atentar-se a esses detalhes pode fazer a diferença para quem se beneficia da oxigenoterapia. O tratamento melhora da atividade pulmonar e, consequentemente, proporciona mais qualidade de vida, favorece o sono, a memória, a disposição e o humor.

Fonte: Terra e Internet

 

Comments
To Top