O que é noticia

Avião com 2 milhões de doses da vacina da Índia chega a São Paulo

O lote da vacina da Astrazeneca/Oxford foi transportado em voo comercial da companhia Emirates até o aeroporto de Guarulhos

avião que transportava o lote com 2 milhões de doses da vacina da Astrazeneca/Oxford, comprado pelo governo Bolsonaro na Índia, chegou a São Paulo na tarde desta sexta-feira (22/01). O pouso ocorreu por volta das 17h20. O lote foi transportado em voo comercial da companhia Emirates até o aeroporto internacional, em Guarulhos.

Segundo a Fiocruz, os imunizantes estarão prontos para uso já neste sábado (23/01) e já podem ser distribuídos.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, acompanhou a chegada da carga no aeroporto.

Oxford/Astrazeneca

Produzida pelo grupo britânico AstraZeneca, em parceria com a Universidade de Oxford, esta vacina foi o segundo imunizante aprovado pela Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde (MHRA).

Segundo estudiosos, esse imunizante é o mais econômico e fácil de armazenar. Isso porque ele custa cerca de 2,50 libras (cerca de R$ 14) a dose. Além disso, o medicamento também pode ser conservado na temperatura de um refrigerador, entre 2°C e 8°C, diferentemente das vacinas da Moderna e Pfizer/BioNTech, que podem ser armazenadas apenas a temperaturas muito reduzidas (-20°C no primeiro caso e -70°C no segundo).

A vacina Oxford/AstraZeneca é de “vetor viral”. Ou seja, toma como base outro vírus (um adenovírus de chimpanzé) que foi transformado e adaptado para combater o coronavírus.

O Ministério da Saúde confirmou a aquisição de 2 milhões de doses da vacina. A pasta tinha pedido cerca de 10 milhões de doses, mas conseguiu apenas 20% dos imunizantes.

Fonte: Estado de Minas

 

Comments
To Top