Saúde e Coronavírus

Síndrome do túnel do carpo: causas, sintomas e tratamento

A apresentadora Ana Maria Braga, revelou nesta segunda-feira (26), durante o Mais Você, que fez uma cirurgia na mão direita no final de semana para tratar da síndrome do túnel do carpo. 

Com a mão enfaixada para a recuperação, a apresentadora contou que vinha sentindo dores na mão há quase um mês. “Eu senti uma dor muito forte, ficou mais ou menos uns 20 dias, um formigamento com uma ardência, mas uma dor… Fui no médico investigar, demorou um pouco para descobrir e é uma coisa com um nome estranho, chama síndrome do carpo”, disse Ana.


Atenção:
Para ter o diagnóstico correto dos seus sintomas e fazer um tratamento eficaz e seguro, procure orientações de um médico.


O que é a síndrome do túnel do carpo?

Todos nós temos uma espécie de “túnel” na região do punho. É por esse “túnel” que passam o nervo mediano – responsável por controlar a sensibilidade da palma da mão e dos dedos – e os tendões que permitem dobrarmos os dedos e o punho. A síndrome do túnel do carpo consiste na compressão do nervo mediano.

Movimentos constantes e repetitivos das mãos (segurar, torcer e girar), principalmente quando envolvem vibrações (como no uso de teclados de computador, martelos, ferramentas elétricas ou alguns instrumentos musicais), podem causar edema dos tendões, estreitando o túnel e
pinçando o nervo mediano.

Leia também: 

Quais os sintomas da síndrome do túnel do carpo?

Como a apresentadora informou em seu programa, a síndrome do túnel do carpo não aparece da noite para o dia. Em geral, ela começa com formigamentos na ponta dos dedos e dormência da mão. Por causa desses sintomas, muitas pessoas acreditam ser algum problema de circulação e, por isso, o diagnóstico pode demorar.

Os principais sintomas de problemas no túnel do carpo são:

  • Dor ou dormência nos dedos e nas mãos;
  • Dores lancinantes no punho e no antebraço;
  • Dificuldade para fechar a mão ou segurar pequenos objetos.

Como é feito o tratamento da síndrome do túnel do carpo?

O tratamento da síndrome do túnel do carpo vai depender do grau da doença. Quando está em estágio avançado, a cirurgia para a liberação mecânica do túnel, é o tratamento mais indicado pelos médicos. Em grau leve, fisioterapia, medicamentos e acupuntura são recomendados.

Tratamento medicamentoso

O tratamento medicamentoso começa com um anti-inflamatório não-esteróide, como o ibuprofeno ou o naproxeno sódico, vendidos sem receita médica. Se isso não reduzir a dor e o edema, o médico pode prescrever um anti-inflamatório mais forte ou um corticosteroide, como a cortisona.

Os corticosteroides geralmente são injetados no punho, mas uma nova técnica, denominada iontoforese, utiliza uma corrente elétrica para introduzir moléculas da droga através da pele e no túnel do carpo. É menos doloroso do que uma injeção, mas também pode ser menos eficaz.

Tratamento cirúrgico

Se as abordagens menos conservadoras falharem e os sintomas da síndrome continuarem por um ano ou mais, pode ser necessária uma forma de cirurgia denominada liberação do túnel do carpo, para aliviar a compressão do nervo mediano.

O procedimento mais comum envolve a secção do ligamento transverso do carpo, uma faixa de tecido resistente que forma um lado do túnel do carpo. Quando a cirurgia é realizada por endoscopia, pequenas incisões permitem que os médicos operem utilizando um aparelho telescópico, com uma pequena câmera de TV acoplada, que permite ver e operar dentro do túnel do carpo.

Tratamentos alternativos

Acupuntura

O Instituto Nacional de Saúde dos EUA afirma que a acupuntura, quando associada ao tratamento médico, ajuda a aliviar a dor na síndrome do túnel do carpo.

Ioga

Visto que a ioga alonga e fortalece as articulações da parte superior do corpo, também pode ajudar a tratar a síndrome. Segundo um estudo publicado no The Journal of the American Medical Association, os pacientes que praticavam ioga tinham menos sintomas do que aqueles que utilizavam talas nos punhos ou não faziam qualquer tipo de tratamento.

Quiroprática

Os quiropráticos ajudam os pacientes com síndrome do túnel do carpo manipulando articulações desalinhadas ou rígidas para aliviar a pressão no nervo mediano. São feitos ajustes nas áreas afetadas pelo nervo mediano – punho, braço, ombro e pescoço.

O post Síndrome do túnel do carpo: causas, sintomas e tratamento apareceu primeiro em Seleções Brasil.

Click to comment

Deixe uma resposta

To Top
%d blogueiros gostam disto: